Autista, Autismo, asperger, criança autista, pessoas com e deficiencia, deficientes, TDAH

Loading...

quinta-feira, 1 de março de 2018

Curitiba será pioneira no atendimento da criança com autismo

O prefeito Rafael Greca firma nesta quinta-feira (1/3), às 8h30min, no Salão de Atos do Parque Barigui, uma parceria pioneira no Brasil com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Fundação Autism Speaks para o desenvolvimento de crianças com autismo em Curitiba. O programa vai capacitar pais e familiares de crianças com autismo para serem protagonistas na melhoria da qualidade de vida dos pequenos.
O lançamento da parceria faz parte da agenda comemorativa pelo aniversário de 325 anos de Curitiba, celebrado em 29 de março.
É a primeira vez que a OMS e a Autism Speaks efetivam uma parceria com um poder público municipal. Até agora, os convênios vinham sendo firmados entre a OMS e governos federais.
Curitiba coloca o Brasil como 30º país a receber o programa e a cidade será pioneira ao servir de piloto para um modelo de parceria da OMS com um município.
“Vamos formatar um modelo próprio de aplicação da metodologia da OMS-Autism Speaks. O objetivo é, nos próximos cinco anos, impactar todas as famílias com crianças com autismo de 2 e 9 anos de idade”, explica a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.
O foco é atender famílias de baixa renda, dando instrumental para que pais e familiares compreendam as necessidades cognitivas das crianças e contribuam com seu desenvolvimento nas ações diárias.
Para treinar as primeiras equipes que irão transmitir os conhecimentos a pais e familiares, a OMS e a Autism Speaks terão o apoio do Instituto Ico Project, uma ONG curitibana de apoio a crianças com autismo, e da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde.
Passo a passo do programa
Nesse primeiro momento, além dos profissionais (máster) treinados para repassar os conhecimentos, a parceria vai capacitar famílias de crianças com autismo em um módulo piloto do projeto, adaptando-o culturalmente às necessidades locais.
O projeto funciona em sistema de “pirâmide” do conhecimento. O máster ensina vários facilitadores, que vão replicar o conhecimento a pais e cuidadores.
Na etapa seguinte, profissionais da Atenção Primária da Saúde serão treinados como facilitadores, ampliando exponencialmente a rede de pessoas com condições de dar suporte ao desenvolvimento das crianças.
A parceria também conta com o compromisso de cooperação de pesquisa científica e terá a participação da especialista em Saúde Mental na Infância e Adolescência, Transtornos do Espectro Autista, Cristiane Silvestre de Paula.
Serviço: lançamento do Programa Internacional de Capacitação de Familiares e/ou Cuidadores de Crianças com Atraso de Desenvolvimento/Autismo em Curitiba

Data: quinta-feira (1/3), às 8h30min.
Local: Salão de Atos do Parque Barigui

Nenhum comentário: